Boteco do Pardal


PIONEIROS DA BOLA

A saga dos jogadores de futebol de Videira desde a fundação do Tabajara, nosso primeiro clube, até a conquista do Estado com a Perdigão.

No dia 31 de março de 1.964 em uma sala de reuniões da Perdigão se reuniu um grupo de apaixonados pelo futebol encabeçados por Flavio e Fioro Brandalise para deliberarem sobre a fundação de uma nova equipe. Surgia a SE Perdigão, que duraria apenas 5 temporadas, mas que gravaria seu nome na história do futebol catarinense.

 

 

 

A primeira diretoria, de caráter provisório foi formada por Flavio Brandalise (presidente), Silvio dos Passos (secretário) e Fioro Brandalise (tesoureiro). No dia 31 de agosto de 1.964 aconteceu a primeira assembléia geral quando foram aprovados os estatutos e a primeira diretoria composta: Moacir Brandalise (presidente), Silvio dos Passos (vice-presidente), Varteli Trancoso (tesoureiro), Sergio Vargas (secretário), Plauto Grazziotin (diretor de esportes) e Fioro Brandalise (diretor social).

 

A primeira competição foi o campeonato municipal de 1.965, conquistado de maneira invicta, o que credenciou a equipe a disputar o estadual, integrando a Zona Oeste. Ao final da disputa a equipe terminaria a competição em quinto lugar, excelente para uma primeira temporada.

 

 

No ano seguinte, com um pouco mais de experiência, o grupo partiu para um novo campeonato, com o intuito de alçar voos ainda mais altos. A conquista coroou o empenho da Perdigão e encheu de alegria todo o Oeste catarinense, com o primeiro título para a região.

Flávio Brandalise, presidente da equipe no ano da conquista tinha apenas 28 anos, se tornando na época o mais jovem presidente a levar uma agremiação a conquista de um campeonato estadual.

 


Elenco campeão recebendo as faixas referentes ao título de 66.


A Perdigão disputou cinco estaduais (65 a 69) e uma Taça Brasil (67). A última partida oficial, antes de fechar o departamento profissional, ocorreu no dia 1º de junho em Joaçaba com uma bela vitória de 3 a 1 diante do Comercial, seu eterno rival.
 

 

ELENCO CAMPEÃO: Odenir Oseas Seemann (Zangão), Gilberto José Liberalli (Arrepio), Valter Kluser (Batoque), Antonio Carlos Gomes dos Santos (Pelé), Nilso Brandalise, Luiz Jacinto da Rosa (Galego), Walldomiro Marcinko (Adi), Osvaldo João, Caubi de Lima, Lauro Ribeiro (Cigano), Adair Dias Gonçalves (Zinho), Constante Rogério Richetti, Mario Rosário de Barros José (Barros), Rubens de Lima Machado (Carioca), Jaime Bramatti (Serramalte), Luiz Dirnei Wolker (Luizinho), Luiz Abitante (Melão), Eloacir Nascimento, José Campolino dos Passos (Torrado) e Darcy Flores – massagista.

 


Concentração dos jogadores era próximo ao curtume. Próximo de onde é hoje a Casa Faísca.

 

CAMPANHA DO TÍTULO

Chega ao fim a série “Pioneiros da Bola”, mostrando a história do principal time que já existiu no meio oeste catarinense, a SE Perdigão, que conquistou o campeonato estadual de futebol de 1.966 em cima do Metropol de Criciúma, o grande bicho-papão de títulos daquela década. As memórias deste último capítulo são do grande maestro do alvirrubro catarinense, o camisa 8 Constante Rogério Richetti.

INÍCIO – Em 1.965 dois rapazes de Getúlio Vargas/RS resolveram reencontrar um amigo de infância que morava em Fraiburgo. Na época, Richetti e Arrepio pegaram o carro do pai de Richetti as escondidas e vieram para o meio-oeste catarinense visitar Serramalte, que trabalhava na cidade vizinha e jogava na recém-criada equipe da Perdigão ao lado de outro getuliense, Pelé. Serramalte, então apresentou Richetti a Flavio e Fioro Brandalise e insistiu para que os mesmos permitissem que a jovem promessa jogasse a última partida do campeonato municipal. Como os diretores não queriam utilizar um jogador que não estava inscrito, disseram que o mesmo poderia jogar o amistoso no meio da semana contra o Gaúcho de Passo de Fundo. Então, Richetti deixou o automóvel em Videira, retornou a Getúlio Vargas na segunda de trem e na quarta-feira já estava de volta para o compromisso. O jogo foi 0 a 0, mas o suficiente para que Flávio e Fioro percebessem as qualidades do meia-atacante e tanto insistiram até que trouxeram Richetti para cá.

 

 

PERSONAGENS – O presidente Flávio Brandalise foi uma pessoa fundamental no sucesso da Perdigão. Richetti trabalhou ao lado dele por cinco anos no setor financeiro e por isso a amizade se fortaleceu também fora de campo. O treinador da equipe era o “Nego Tancio”, que se não era um estrategista ao menos sabia lidar com os jogadores e distribuía bem as camisas. Clodomir Bahr era o “médico”, sempre acompanhava o elenco nos jogos em casa e fora garantindo que todos estivessem em condições de jogo.

 


Parte do elenco sobre uma das pontes de Videira.

 

ADVERSÁRIOS – Em 1.965 no primeiro jogo fora do Oeste a Perdigão viajou até Criciúma para enfrentar o Metropol (campeão estadual 5 vezes na década de 60) pelo turno do hexagonal final e tomou de 9 a 0. No segundo turno veio a vingança com a vitória por 2 a 1, combinada com a vitória do Inter de Lages no meio da semana, deram o título a equipe serrana e o caneco escapou do Metropol. No ano seguinte outro grande duelo contra o Metropol foi no dia 09 de abril de 1.967 na penúltima rodada do quadrangular final quando a Perdigão venceu por 2 a 0 com o estádio super lotado e encaminhou o título. No Oeste, as grandes equipes eram de Chapecó, Concórdia e Joaçaba, mas o grande rival sempre foi o Comercial.

 


Estádio Municipal Luiz Leoni lotado no jogo contra o Metropol em abril de 67. Vitória por 2 a 0.

 

LEMBRANÇAS – Uma das grandes lembranças de Richetti era sobre as viagens do time por todo o Estado, sempre feita com duas Kombis da própria empresa e que eram dirigidas pelos jogadores. Muita lama nas estradas precárias da época e um frio intenso no inverno eram os maiores obstáculos. Várias vezes o grupo parava na estrada para tomar alguma coisa para se aquecer os mesmo fazer fogo para diminuir um pouco o frio. Outro fato marcante foi a invasão lageana em 66 no confronto com o Guarani no Estádio Luiz Leoni. A nossa torcida compareceu em peso, mas de Lages chegaram muitos ônibus para prestigiar o adversário.

 


Jogadores a frente das Kombis que os levavam aos jogos.

 

ELENCO – A baixa média de idade era de cerca de 22 anos, com isso o grupo era pouco experiente, mas compensava pelo brio e dedicação. Segundo Richetti, quando ele chegou no grupo Pelé era centroavante e tinha muita moral, por isso, para que não ficasse de fora foi pra defesa e se tornou um dos grandes zagueiros da época. A Perdigão também deu uma ótima cartada ao trazer alguns garotos do Abrigo de Menores de Florianópolis (Galego, Torrado, Caubi, Geraldo e Batoque). O time tinha um excelente goleiro, Zangão, e que por sorte nunca se machucava.

 


Zangão era um dos destaques do time.

 

CAMPEÃO – O título deu muita visibilidade a todos, mas Richetti nunca quis se transferir para grandes equipes, mesmo com oportunidade de se transferir para Palmeiras e Grêmio. Com a conquista do estadual a Perdigão teve direito a disputar a Taça Brasil na fase Sul contra Grêmio e Ferroviário, mas não passou da primeira fase. Talvez tenha sido aí o começo do fim da Perdigão, que trouxe jogadores de fora para a disputa e deixou um pouco de lado seus verdadeiros heróis.

 

 

 

 

Veja também os outros capítulos da série:
Tabajara Futebol Clube - Clóvis Fava - clique aqui
Associação Atlética Videirense - Euclides Locatelli - clique aqui
Esporte Clube Alvorada - Carlos Fantin - clique aqui

 

Colaboração e fontes: Clóvis e Risoni Fava, Euclides Locatelli, Carlos Fantin, Constante R. Richetti, Liliana Seemann, Adalberto Klüser, Antonio José Feiten, Telvo Menegazzo, Valter Klüser (Batoque), Lauro Ribeiro (Cigano) e Luiz Jacinto da Rosa (Galego).



 Escrito por botecodopardal@hotmail.com às 13h46 [] [envie esta mensagem] []






 
 

MEMÓRIA ESPORTIVA

O Operário conquistou o campeonato municipal de 1.969 em cima da Associação Atlética Videirense. Em 65 a Associação tinha sofrido um grande revés contra o Alvorada ficou um tempo desativada e voltou em 69 para ser batida desta vez pelo Operário.

Em pé: Airton, Nico, Waldemar, Áureo, Pingo e Carlinhos.

Agachados: Tadeu, Melão, Sergio, João Luiz e Valmir.

 


Operário  - campeão municipal de 1.969



Categoria: Memória Esportiva
 Escrito por botecodopardal@hotmail.com às 12h37 [] [envie esta mensagem] []






QUEM É O CRAQUE?


    Videira - 3566-1647/ Fraiburgo - 3246-3553

Na semana passada o craque era Nicanor Borges, o Nico, goleiro do Operário, campeão municipal de 1.969.

 

Nesta edição o craque aparece em uma foto da década de 90 atuando no veterano do Misto. A cara não mudou nada, mas os cabelos...

 


Quem é o craque?



 Escrito por botecodopardal@hotmail.com às 12h35 [] [envie esta mensagem] []






TABELÃO FINAL DE SEMANA


TELE-ENTREGA - 3566-5707

COPA PLACIDIO/RÁDIO VIDEIRA DE FUTEBOL SUIÇO - FINAIS

CAMPEONATO MUNICIPAL DE FUTEBOL - INTERIOR



 Escrito por botecodopardal@hotmail.com às 12h32 [] [envie esta mensagem] []






 
 

TORCEDOR DA SEMANA

OSMAR E EDSON - GRÊMIO



Categoria: Torcedor da semana
 Escrito por botecodopardal@hotmail.com às 23h54 [] [envie esta mensagem] []






CANTO DA CORNETA

O cônsul gremista para Videira e região, Vitor Vanzela, admitiu nesta semana que inveja os colorados. Ele que sempre foi um crítico ferrenho do adversário disse que está muito mais fácil torcer para o Inter do que para o Grêmio. Já que o time dele disputa uma competição internacional como a Libertadores e o custo da viagem é alto, enquanto que o Inter só tem jogado contra o Caxias e companhia.

Vitor também afirmou que os colorados entraram em campo contra o Caxias vestidos de prenda pra ver se conquistavam o gauchão.



 Escrito por botecodopardal@hotmail.com às 23h07 [] [envie esta mensagem] []






BICICROSS

Assim como aconteceu na primeira etapa do campeonato catarinense de bicicross, a segunda etapa também teve boa participação dos videirenses, inclusive com uma medalha de prata conquistada por Jéferson Tonial da categoria 17/24 anos Cruiser.

A segunda etapa aconteceu em Brusque nos dias 18 e 19 de abril e além de Jéferson também estiveram presentes: Lucas de Assis - quarto lugar (Boys 12 anos), Alex Dal Pizzol - quinto lugar (17/24 anos Pro) e Alex Tonial (Boys 15 anos).

Os atletas viajaram para mais esta etapa com apoio da FMEV, que continua apoiando os atletas videirenses em competições oficiais, continuando firme no propósito de massificação do esporte. No dia 10 de maio Alex Dal Pizzol participará em Sorocaba/SP do Campeonato Brasileiro de Bicicross.
 

 



 Escrito por botecodopardal@hotmail.com às 23h07 [] [envie esta mensagem] []






MOLEQUE BOM DE BOLA


    Videira - 3566-1647/ Fraiburgo - 3246-3553

Na próxima segunda-feira (27) inicia em Videira a etapa municipal do Moleque Bom de Bola, competição que reunirá meninos e meninas entre 11 e 14 anos no Complexo Esportivo do Medalhão e que garante vaga para a fase regional do evento.

Seis escolas da rede municipal e estadual disputarão o naipe masculino distribuídas em duas chaves. Na chave A: Madre Tereza Leoni, Fidelis Fantin e Padre Bruno Pokolm, enquanto que na chave B estão: Joaquim Amarante, Paulo Penso e Waldemar Kleinubing.

No feminino são cinco escolas na disputa, também divididas em duas chaves. A chave A composta por: Paulo Penso, Joaquim Amarante e Madre Tereza Leoni e na chave B o duelo será entre Waldemar Kleinubing e Wilson Kleinubing.

Segundo o responsável pelo setor de Esportes Escolares da FMEV- Gustavo Brandalise o Moleque Bom de Bola é a fase classificatória do futebol para os Jogos Escolares de Santa Catarina - Etapa Regional que acontecem em Videira no mês de junho.

Para o mês de maio, a equipe da Fundação de Esportes também prepara a realização dos Jogos Municipais Intercolegiais.
 

 



 Escrito por botecodopardal@hotmail.com às 23h07 [] [envie esta mensagem] []






BASTIDORES DO ESPORTE


TELE-ENTREGA - 3566-5707

- A série “Pioneiros da Bola” termina nesta semana com a história do título estadual de 1.966 conquistado pela Perdigão. A série foi um enorme sucesso em toda a região e por isso serão montadas novas séries com novos temas. Aguardem.

 

- A Copa Placidio/Rádio Videira AM de futebol suíço tem sido um sucesso. Parte do mérito se deve a equipe esportiva da Rádio Videira que tem dado um show nas transmissões com Wilson Antonio e Jocemar Soares, além da perfeita organização a cargo do professor Adelmo Albiero.

 

- Por falar em Copa Placidio de Master o interior está comandando as finais, mostrando o poder das comunidades. Duas equipes de Sede Etelvina, uma de São José e outra do distrito de Rio das Pedras farão as finais do feminino e do Master.

 

- Em poucas semanas o quadro “Longe de casa” começará a trazer entrevistas com os atletas que jogam fora do país, pois agora em maio chega ao fim a temporada européia e com isso os jogadores retornam ao Brasil para merecidas férias.



 Escrito por botecodopardal@hotmail.com às 23h06 [] [envie esta mensagem] []






DESAFIO DO BOTECO/REQUINTE MÓVEIS - APOSTAS 8ª RODADA


requintevideira@requintevideira.com.br
www.requintevideira.com.br
(49) 3566 7059

Nesta semana não tem rodada na Copa do Boteco, apenas no Desafio. Os estaduais estão chegando ao fim e com isso as dificuldades aumentam, já que o favoritismo cai por terra.

 



 Escrito por botecodopardal@hotmail.com às 06h57 [] [envie esta mensagem] []






MEMÓRIA ESPORTIVA

Na época de ouro do salonismo videirense a Perdigão oferecia uma grande infra-estrutura aos craques. Na foto jogadores como Fabinho, Marcio Brancher e Marcinho se exercitam na academia do time.



 Escrito por botecodopardal@hotmail.com às 06h53 [] [envie esta mensagem] []






HALTEROFILISMO


    Videira - 3566-1647/Fraiburgo - 3246-3553

matéria: Robson Schenato

O atleta videirense Rudi Vieira mais conhecido por Rudi Bam Bam Foi destaque em sua categoria no II campeonato Paranaense de Powerlifting e Supino que se realizou no ginásio do Paraná Clube na cidade de Curitiba-PR no último dia Dezoito (18).

 

            Bam Bam consagrou-se campeão na modalidade Powerlifting, que são três exercícios sendo eles, Agachamento, Supino e Terra, Rudi levantou um total de 675kg sendo 240kg no Agachamento, 205kg no Supino e 220 no Terra, em sua categoria até 90kg ficou em primeiro lugar.

 

            Na modalidade Supino Bam Bam também levantou o caneco de Campeão, tendo como potencia levantada os mesmos 205kg do supino feito no Powerlifting, foi fácil para o atleta disparar na frente de seus adversários.

 

            Rudi Bam Bam Já é considerado uma referencia no levantamento de peso do sul do Brasil. Bam Bam ressalta “nada do que consegui até agora foi fácil, tudo foi regado a muito suor e treino pesado”.

           

            Rudi conta com uma equipe de amigos que o ajudam a treinar e o acompanham nos campeonatos, “Treinamos pesado para trazer os melhores títulos para Videira, fazendo de nossa cidade uma referência no levantamento de peso”, finaliza.  

 



 Escrito por botecodopardal@hotmail.com às 06h47 [] [envie esta mensagem] []






ADV/UNOESC/SINTRICAVI


TELE-ENTREGA - 3566-5707

A ADV/UNOESC/SINTRICAVI faz sua estreia diante do torcedor neste sábado no Ginásio Vermelhinho na SERP. A partida amistosa será contra a Hervalense que disputa a Divisão Especial do Campeonato Catarinense de Futsal.

O confronto inicia às 20 horas e servirá também para apresentação dos atletas aos torcedores. A primeira divisão do campeonato catarinense inicia no dia 09 de maio e o primeiro jogo em casa será no dia 16.

Aos torcedoress que estiverem interessados em adquirir o cartão sócio-torcedor é só entrar em contato pelo 3533-4494 ou pelo e-mail acs@unoescvda.edu.br e falar com Antonio Carlos.



 Escrito por botecodopardal@hotmail.com às 06h46 [] [envie esta mensagem] []






JASTI

Aconteceu na última 6ª feira em Arroio Trinta  o  JASTI – jogos abertos da Terceira Idade – fase classificatória da 9ª SDR. Estiveram participando os municípios de Arroio Trinta, Videira, Salto Veloso, Iomerê e Pinheiro Preto nas modalidades de bocha, dança, canastra, dominó e bolão.

Foto: Cesar Altenhofen

Os campeões de cada modalidade irão disputar a fase estadual em Gravatal de 05 a 09 de maio e foram os seguintes:

- Dominó masculino: Iomerê

- Dominó feminino: Arroio Trinta

- Dança coreográfica: Arroio Trinta

- Bocha masculino e feminino: Pinheiro Preto

- Canastra masculino: Videira

- Canastra feminino: Pinheiro Preto

- Bolão masculino: Salto Veloso

- Bolão feminino: Pinheiro Preto

Foto: Cesar Altenhofen



 Escrito por botecodopardal@hotmail.com às 20h19 [] [envie esta mensagem] []






LONGE DE CASA


    Videira - 3566-1647/ Fraiburgo - 3246-3553

Duas rodadas, uma no dia 15 e outro no dia 18, transformaram o Marca Trevigiana de Marquinho Appi e Alan Patrik no novo líder da série A do futsal italiano. No dia 15 uma importante vitória contra o Arzignano Grifo fora de casa com direito a gol de Marquinho pelo Marca e de Marcio Brancher pelo Grifo. Já na última rodada nova vitória, desta vez por 3 a 2 contra o Cagliari C5.

A Luparense do goleiro Miguel está em segundo, um ponto atrás do Marca Trevigiana. O Grifo está em quarto, enquanto que o Napoli Baresse, que empatou na última rodada com gol de Ninho, é o oitavo restando apenas uma rodada. Na série A2 o Fomet Imola terminou a fase classificatória em quinto na chave A após empatar em 3 a 3 na última rodada.



 Escrito por botecodopardal@hotmail.com às 20h19 [] [envie esta mensagem] []






MOMENTO FOTOGRÁFICO


TELE-ENTREGA - 3566-5707


Nada de engraçado, apenas pelo momento da foto mesmo.


Rinaldi não acertou a bola, mas em compensação as costas do Roni...


Não foi assim que o teu pai te ensinou, Padilha.
Tem que abrir o olho pra ver aonde tá chutando.


Chico... Muito mais coragem que juízo.


Desse lance que veio a frase: "Se arrastando em campo".


Dois contra "1" é sacanagem...


... não se esse "1" foi o Silvério. Dois no chão.



 Escrito por botecodopardal@hotmail.com às 20h18 [] [envie esta mensagem] []






DE BICO


maxfeiten@hotmail.com

PELA BOCA

 

Estava pensando no que escreveria nesta semana, quando vi o Ronaldo, o Fenômeno, dar uma entrevista e responder para um dirigente do São Paulo para que não falasse merda. Bom, se ele pode dizer isso em rede nacional, eu posso escrever no Boteco do Pardal também. Mas, o interessante era que ele estava certo e descobrimos porque o Muricy não é a Mãe Dinah nem o David Coperfield. Aliás, vai ser ruim de palpite assim lá não sei onde. E de clássico também. Só ganhou do Palmeiras e empatou um com o Corinthians nesse ano.

Teve dirigente do Tricolor Paulista que falou besteira, teve técnico dizendo o que não devia teve jogador falando porcaria e depois tem gente que reclama do que eu escrevo aqui. Teve um parente de um primo de um ex-cunhado do irmão de um amigo meu que disse nas suas últimas palavras: “Morrendo e aprendendo”, quando ele bateu o carro de frente numa carreta numa curva. Foi o que aconteceu com os são paulinos, assim esperam os torcedores.

Outro ponto que não posso esquecer é que o peixe não morre pela boca. Pelo menos não o da Vila Belmiro, que sapecou o Palmeiras duas vezes e foi para a final do Paulistão, mesmo com o Diego Souza perdendo a cabeça e saindo para cima do Domingos. É porque só mesmo se estiver muito fora da bola para partir para cima de um zagueiro daquele tamanho. Se o cidadão resolve revidar, ia espalhar pedaços de porco pelo Palestra Itália.

No Carioca, a torcida botafoguense teve que engolir o Cuca, e sem nem um cafezinho para ajudar a empurrar. O técnico ganhou a Taça Rio sobre o rival e, mesmo sendo muito ponderado, duvido que não tenha tirado um sarrinho, uma casquinha dos torcedores do seu ex-clube. Teve torcedor do Bota que disse que este foi o primeiro título do Cuca como treinador, além de ter sido o primeiro técnico a apanhar de um jogador depois que o Brasileiro começou a ser disputado por pontos corridos.

Pura maldade, porque o Cuca já ganhou o... o... ah! Sei lá o que ele já ganhou, mas deve ter ganho alguma coisa como treinador. Vice eu sei que ele foi um caminhão de vezes. E tem a final do Carioca. Os dois times vão se encontrar com o Flamengo motivado para ficar com um título a mais que o Tricolor das Laranjeiras. Aliás, o que foram mal nos estaduais os três tricolores mais famosos do País, São Paulo, Fluminense e Grêmio. Se isso se repetir no Brasileirão não sei não.

Lá pelas bandas de Minas Gerais, o Cruzeiro vai decidir com o Atlético. Será que a Raposa vai comer o Galo de novo? Não estou torcendo para isso, mas pelo futebol que eu vi dos dois grandes mineiros é isso que vai acontecer. E o Colorado dos Pampas sapecou o Caxias por 8 a 1. Credo, foi pior que o Grêmio esse Caxias. Levar oito macucos numa final é dose pra Leão. Bom, nem gosto muito desse Caxias devido a umas lambanças com times catarinenses.

Por falar no nosso Estado, o Avaí perdeu de novo a última para o Chapecoense dentro da Ressacada. Lá pelo Oeste catarinense, estão chamando o estádio do Leão de “Ensacada”, porque quando o Chapecoense precisa de um resultado, vai lá e consegue o resultado. Bom, mas poderia ser pior né. Veja o Figueirense que nem entre os quatro ficou. Acho que foi o Guga que secou e dessa vez deu certo. Ele parou de jogar e começou a se concentrar no Avaí e o time começou a dar resultados. É isso aí.

No Paraná, o Coxa deixou escapar a liderança ao perder para o Iraty em casa por 1 a 0. Como será que estão se sentindo os torcedores do Coritiba, que poderia estar colocado com o Atlético com 14 pontos? O J. Malucelli está na frente do Coxa, com dois pontos de vantagem. Tem gente aí que deve estar tirando muito sarro numa rede de farmácias de Videira. Outra dúvida é: será que está vai ser a última coluna que escrevo neste blog, por estas considerações?



 Escrito por botecodopardal@hotmail.com às 19h37 [] [envie esta mensagem] []






RESULTADOS FINAL DE SEMANA


3566-5707

COPA PLACIDIO/RÁDIO VIDEIRA DE FUTEBOL SUIÇO - MASTER

COPA PLACIDIO/RÁDIO VIDEIRA DE FUTEBOL SUIÇO - FEMININO

CAMPEONATO MUNICIPAL DE FUTEBOL - CIDADE - SELETIVA 2ª DIVISÃO

Vila Nova "B", Sport Pedreirinha e Americano "B" se classificaram para a segunda divisão.

CAMPEONATO MUNICIPAL DE FUTEBOL - INTERIOR - PRINCIPAL

CAMPEONATO MUNICIPAL DE FUTEBOL - INTERIOR - ASPIRANTE



 Escrito por botecodopardal@hotmail.com às 12h52 [] [envie esta mensagem] []






SEDE ETELVINA, SÃO JOSÉ E RIO DAS PEDRAS NAS FINAIS


    Videira - 3566-1647/ Fraiburgo - 3246-3553

Ipiranga com as duas equipes, São José no feminino e Grêmio da Penha no master são os classificados para as finais da Copa Placidio/Rádio Videira AM de Futebol suiço - master e feminino que acontecem no próximo sábado a partir das 15 horas no Pesque e Pague Dal Pizzol.

No sábado em Sede Etelvina aconteceram dois jogos e em ambos o Ipiranga saiu vitorioso. No feminino mais um show de Wiuza, artilheira com 15 gols, e suas companheiras, que não tomaram conhecimento do desfalcado Monte Alto e fizeram 6 a 2 em um excelente jogo. No Master alegria e preocupação no Ipiranga, já que a equip venceu com tranquilidade o São José, mas perdeu Marlon e Leandro para a decisão.

No domingo pela manhã os jogos aconteceram no Pesque e Pague Dal Pizzol e mais uma vez com nível técnico excelente. A partida mais equilibrada das semifinais foi entre São José e Plaza Sport no feminino, que terminou 1 a 0 para as comandadas do professor Sapuca. No jogo de fundo o Grêmio da Penha se deu melhor e fez 4 a 1 no aguerrido Plaza Sport, mas que não suportou a melhor qualidade do adversário no confronto.


Ipiranga.


Ipiranga.


São José.


Grêmio da Penha.



 Escrito por botecodopardal@hotmail.com às 12h50 [] [envie esta mensagem] []






DESAFIO E COPA DO BOTECO/REQUINTE MÓVEIS


requintevideira@requintevideira.com.br
www.requintevideira.com.br
(49) 3566 7059

Final de semana recheado de emoções com a disputa da 7ª rodada do Desafio do Boteco/Requinte Móveis e a rodada de abertura da Copa do Boteco/Requinte Móveis. No Desafio apesar de uma rodada modesta Urso ampliou sua vantagem na premier league. Na segundona Chefe assumiu a ponta sozinho, na terceira divisão Gustavo agora divide a liderança com Beto, enquanto que na Fila de Espera Zé continua na frente.

Na Copa do Boteco 32 avançaram a segunda rodada. Algumas surpresas como a eliminação da atual vice-campeã da 1ª divisão, Sandra e do terceiro colocado de 2008, Cesar. Alguns jogos foram para desempate como Marlon Meira (1ª) e Nego (3ª), que fizeram 7 pontos cada, mas Marlon acertou 3 jogos na coluna 2, contra 1 de Nego e aqui na Copa do Boteco, assim como na Copa do Brasil fora de casa vale mais. Gian (3ª) e Corpo (1ª) também foram pro desempate e Gian fez 3 a 1 na coluna 2. Valerio (1ª) passou por Beto (3ª) da mesma forma, marcando 2 a 1 na coluna 2. Curioso também o duelo Chico x Wagner que terminou 4 a 3.

1ª DIVISÃO


1º - Camisa oficial, camisa do blog e troféu.
2º - Camisa do blog e troféu.
3º - Camisa do blog e troféu.
17º ao 20º - Caem para a 2ª divisão.

2ª DIVISÃO


1º - Camisa do blog, troféu e acesso pra 1ª divisão.
2º - Troféu e acesso pra 1ª divisão.
3º - Troféu e acesso pra 1ª divisão.
4º - Acesso pra 1ª divisão.
17º ao 20º - Caem para a 3ª divisão.

3ª DIVISÃO


1º - Camisa do blog, medalha e acesso pra 2ª divisão.
2º - Medalha e acesso pra 2ª divisão.
3º - Medalha e acesso pra 2ª divisão.
4º - Acesso pra 2ª divisão.
17º ao 20º - Caem para a Fila de Espera.

FILA DE ESPERA


1º ao 4º - Disputam a 3ª divisão em 2010.

* O confronto entre Max e Nandiko está sob julgamento. A aposta de nandiko não foi computada, pois não apareceu nos comentários. A apostador enviou e-mail, mas a hora de recebimento foi após as 16 horas de sábado o que não é permitido. Caso ele comprove que enviou a aposta até o horário válido, sua aposta será computada. 



 Escrito por botecodopardal@hotmail.com às 06h48 [] [envie esta mensagem] []




[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]
 





BRASIL, Sul, VIDEIRA, BLOG COM PROBLEMAS, Homem, de 26 a 35 anos, BLOG COM PROBLEMAS BLOG COM PROBLEMAS





 
 


Todas as mensagens
Memória Esportiva
Torcedor da semana
PROGRAMAÇÃO SEMANAL
Você sabia?
Bola Cheia/Bola Murcha




Farmácia Geremias
Dilemas de Mamãe
Blog do Sapuca
AVTM (Tênis de mesa)
Futebol Alternativo
Requinte Moveis
Notícias de Videira - Blog do Max
Futsal feminino Fraiburgo
 
 

Dê uma nota para meu blog